Central de atendimento (51) 3331-0090
Solicite uma proposta

POR QUE CONTRATAR A EFETIVA?

Atuamos com ética e proatividade no que chamamos de ciclo produtivo, um modelo organizado e embasado através de estudos contínuos.

PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA

1. SEGURANÇA EM CONDOMÍNIOS

1.1 Aos funcionários

Alerte o porteiro que só deverá abrir o portão após identificar o visitante. Falar com ele pelo intercomunicador ou porteiro eletrônico. Avisar o morador sobre a conveniência da entrada ou não da pessoa. Caso o morador tiver alguma dúvida sobre a visita peça a ele que desça à portaria para esclarecimento.

Nos casos de entrega de flores, pizzas etc., solicitar que um dos moradores do apartamento se dirija à portaria para receber a encomenda. Nunca deixar o entregador adentrar ao prédio para levar a encomenda. Caso seja possível, fazer na entrada do prédio uma caixa de recepção, com portinhola para recebimento de encomendas.

Quando o morador estiver entrando ou saindo do edifício, somente abrir o portão após verificar se não há pessoas suspeitas nas proximidades.

A entrada de veículos deve ser precedida de identificação e anotação da placa em caderno próprio. Como sugestão, poderá ser feito um sistema de identificação através de adesivo florescente a ser colado no vidro do veículo.

Nos horários de limpeza das áreas externas e de recolhimento do lixo, todas as entradas do edifício devem estar fechadas.

O porteiro não deverá abandonar seu posto para atender estranhos no portão. A mesma orientação vale para a entrada das garagens. Nunca abrir o portão da garagem sem a identificação do motorista.

Entrada de funcionários de prestadoras de serviços, tais como NET, SKY, etc., deve ser precedida de identificação e anotação da carteira de identidade e funcional do técnico ou operário. Antes de permitir a entrada, o morador deverá ser avisado ou consultado. Este funcionário deverá ser, sempre que possível, acompanhado por empregado do condomínio.

Recomenda-se o uso de crachá para todos os visitantes. O porteiro não deverá se impressionar com a aparência dos visitantes.

Evitar conversas em grupo na portaria ou na porta da garagem. O trabalho na portaria deve ser de atenção e discrição.

Evitar também comentários dentro e fora do edifício, com pessoas estranhas, sobre a situação financeira dos moradores, bem como locais de trabalho, viagens, horários, hábitos, telefones comerciais e residenciais etc.

1.2 Aos Síndicos

Cadastrar todos os moradores do edifício, para uso exclusivo dos porteiros, devendo constar dados como placa de carro, eventuais visitantes, etc.

Manter as entradas do edifício sempre suficientemente iluminadas, evitando o uso de objetos que obstruam a ampla visão do local à distancia.

Manter em bom estado de conservação e funcionamento os equipamentos de segurança (câmeras, alarmes, sensores, etc), bem como as portas de entrada, portões de garagem e portas corta-fogo.

Recomenda-se a instalação de guaritas e grades altas ao redor do prédio. Nas guaritas, o vidro deve ser sempre espelhado (que permite apenas a visão de dentro para fora) e se possível vidros à prova de bala.

Implantar um sistema de senhas entre os condôminos para os casos de emergência.

1.3 Aos moradores

Compreender que sua colaboração é fundamental na segurança do condomínio.

Deve avisar a portaria sempre que for receber algum tipo de encomenda.

Evitar comentários sobre seus bens e ganhos na frente dos funcionários, solicitando ainda que estes não comentem seus hábitos, ausência, telefones, etc.

Não contratar funcionários (babás, motoristas, domésticas etc.) que tenham acesso ao condomínio, sem documentação de referências necessárias.

Nunca deixe as chaves do apartamento com os funcionários do condomínio ou na portaria.

Aos moradores do 1º e 2º andares, recomenda-se um cuidado especial, protegendo as janelas e vitrôs.

Nunca deixar seus veículos abertos no interior da garagem, não esquecendo pacotes ou deixando objetos à vista no interior do veículo, devendo sempre deixar o alarme acionado.

2. SEGURANÇA DO PATRIMÔNIO

2.1 Proteção da Residência

Compreender que sua colaboração é fundamental na segurança do condomínio.

Deve avisar a portaria sempre que for receber algum tipo de encomenda.

Evitar comentários sobre seus bens e ganhos na frente dos funcionários, solicitando ainda que estes não comentem seus hábitos, ausência, telefones, etc.

Não contratar funcionários (babás, motoristas, domésticas etc.) que tenham acesso ao condomínio, sem documentação de referências necessárias.

Nunca deixe as chaves do apartamento com os funcionários do condomínio ou na portaria.

Aos moradores do 1º e 2º andares, recomenda-se um cuidado especial, protegendo as janelas e vitrôs.

Nunca deixar seus veículos abertos no interior da garagem, não esquecendo pacotes ou deixando objetos à vista no interior do veículo, devendo sempre deixar o alarme acionado.

2.2 Proteção do Veículo

A entrada e a saída do veículo são os momentos de maior perigo e que em grande parte é quando ocorrem os delitos.

Ao entrar e sair do veículo seja rápido, não perca tempo nesta ação.

Ao estacionar o veiculo execute o procedimento inverso. Bem antes de chegar ao seu local desejado já esteja com sua bolsa ou pasta a mão, bem como todos os pertences que deseja retirar do carro.

Levante os vidros, tranque as portas e porta malas quando se afastar do veículo, mesmo que seja por um minuto.

Nunca deixe chaves sobressalentes e documento de transferência dentro de seu veículo.

Procure deixar seu veículo em estacionamento de confiança e vigiado, evitando locais ermos e escuros.

Instale sistemas de proteção, tais como alarmes, bloqueadores etc.

Nunca deixe objetos de valor sobre os bancos.

Ao parar em semáforos, mantenha os vidros levantados e fique alerta à aproximação de pessoas ou veículos suspeitos (lembre-se: nem toda pessoa bem vestida é de bem), mantendo-o engatado sempre em 1ª marcha e distante do veículo da frente, o suficiente para arrancar em caso de suspeita.

No caso acima, se você for abordado, não tente arrancar e efetuar fuga. O crime já foi consumado e você nunca deve reagir. 

Procure fazer reparos e/ou trocas de pneu em locais seguros. É mais barato estragar um pneu rodando furado, do que ter seu veículo roubado.

Alterne sempre seus itinerários e procure, nos mesmos, identificar pontos de apoio ou socorro, tais como quartéis da Polícia Militar, Bombeiros, pontos de estacionamento de Viaturas, Delegacias de Polícia, Postos de abastecimento 24 horas.

Mantenha as crianças no banco traseiro e utilize sempre o cinto de segurança.

Não dê caronas para estranhos.

Não pare para discutir "fechadas" ou "batidinhas". É comum que ladrões provoquem isto somente com o objetivo de assaltá-lo.

Cuidado com falsos mecânicos, sempre solícitos, que aparecem milagrosamente para ajudá-lo em locais ermos em casos de pane.

3. PROTEÇÃO PESSOAL

3.1 Proteção física individual Nas ruas

Evite andar com jóias ou bijuterias com aspecto valioso, pois além de atraírem ladrões que queiram subtraí-las, poderão, caso isto aconteça, lhe causar ferimentos. Nunca reaja a este tipo de assalto, pois o ladrão sempre age com cobertura.

Evite andar com grande volume de dinheiro no bolso.

Suas chaves devem ser levadas no interior dos bolsos e nunca no interior de bolsas.

Não carregue em sua bolsa objetos valiosos ou de grande interesse para si sem que haja necessidade.

Não aceite caronas de estranhos.

Procure caminhar contra o sentido do trânsito, desta maneira poderá perceber qualquer manobra ou aproximação de veículo suspeito.

De noite, caminhe sempre no centro da calçada.

Procure não transitar em locais mal iluminados, mesmo que seja para cortar caminho. Lembre-se o caminho mais curto pode não ser o mais seguro.

Ao retirar dinheiro do banco, guarde-o com cuidado em local discreto. Não conte dinheiro em público. Saindo do banco certifique-se que não está sendo seguido.

É errado achar que ao sair do banco deve-se separar o dinheiro em varias partes do corpo. Pois em saída de bancos, quando somos assaltados é porque já fomos observados. Sendo assim, ao deixar o seu dinheiro em uma única parte, o assaltante não demorará muito tempo concretizar o assalto. Devemos ter em mente sempre que, a reação deveria ter sido feita bem antes. Agora, no "momento do Assalto" o ideal é que ele acabe logo, independente da perda monetária que teremos.

Procure efetuar suas compras utilizando sempre que possível cartões de crédito ou cheques. Isto evita que você leve consigo grande quantia em dinheiro e consequentemente desperte atenção de ladrões.

Nunca dê informações sobre seu itinerário, hábitos, viagens, horários etc. Alerte sua família e funcionários para procederem da mesma forma.

Evite andar a pé, tarde da noite, pelas ruas e avenidas, principalmente sozinho.

Aja com cautela em relação aos pedidos de esmola, gorjetas etc.

3.2 Cuidado com as crianças

Oriente-as para que não aceitem carona de pessoas que acabaram de conhecer.

Ensine seus filhos a conhecerem seu próprio nome, sobrenome, apelido, idade, local onde residem e telefone. Adquira o hábito de colocar estes dados, através de cartão, nos bolsos, ou de escrever internamente nas roupas das crianças.

Não confie a guarda de suas crianças a pessoas desconhecidas, em momento algum, nem peça para olhar ou tomar conta, mesmo quer seja por poucos instantes.

Ao fazer compras ou qualquer outra coisa, não deixe nunca as crianças sozinhas no interior do veículo estacionado.

Oriente para que estejam sempre em condição de pedir ajuda, em caso de necessidade; que tenham sempre dinheiro ou fichas telefônicas para uma eventual chamada.

Oriente que existe o telefone 190 da Polícia Militar, e que poderão pedir ajuda a qualquer hora do dia e da noite. Oriente também quanto ao "trote". O telefone pelo qual é passado um "trote" é prontamente identificado pela central do 190.

Procure saber sempre onde estão seus filhos e como entrar em contato com os mesmos.

Ao matricular seus filhos em escolas ou creches, procure saber as condições de higiene e segurança das instalações.

Oriente seus filhos para nunca aceitar doces, dinheiro, presentes, refrigerantes etc. de pessoas estranhas.

Oriente as crianças para não brincarem longe de sua residência ou do local onde estão seus familiares, bem como com estranhos.

Orientá-los sempre para que contem para seus pais ou para sua professora sobre estranhos que insistem em conversar ou se aproximar.

Orientá-los para que se dirijam sempre, diretamente, para a escola, evitando andar por outros locais. Incentivá-los a sempre brincarem com amigos, e nunca sozinhos.

Procure, na medida do possível, levar e buscar seus filhos na escola; caso não seja possível, orientá-los para que sempre se desloquem em grupos. Uma boa pedida é que vizinhos e parentes se revezem na tarefa semanalmente.

4. CONSELHOS ÚTEIS

4.1 Se, apesar de tudo, o pior acontecer…

Estabeleça códigos de acesso à sua residência, de maneira que um dos moradores, surpreendido por assaltantes possa avisar que algo não vai bem. Acionado este código, procure ganhar tempo. Não abra a porta e acione a Polícia Militar, informando da urgência do atendimento.

Em caso de assalto, não reaja. Acredite sempre que a arma do bandido é verdadeira e está carregada. Evite fazer gestos bruscos, que possam ser confundidos com reação de sua parte.

Procure dialogar o mais cordialmente possível com os marginais, para acalmar os ânimos a amenizar a sua fúria. Em geral, estarão mais nervosos do que a vítima.

Se não houver reação, a possibilidade de violência contra as vítimas é pequena. Assim, não se desespere.

A Polícia Militar possui Unidades especializadas em resgate de reféns. Portanto, confie e tenha calma.

Assim que os bandidos deixarem o local, avise a Polícia Militar o mais rápido possível, transmitindo o ocorrido e as características dos mesmos.

Solicite proposta

Nossos Serviços
Portaria virtual, portaria presencial, limpeza, conservação e zeladoria.
Leia mais